Pesquisar no site


Contato

PJ News Jornal da Pastoral da Juventude

Mês de Agosto - Mês vocacional

 Mês de Agosto - Mês vocacional

 

 Mês de Agosto - Mês vocacional 

Por: Ana Carolina Soares

 

A vocação é o encontro de duas liberdades, do Deus que chama e do homem que responde. Quando Deus nos chama a uma vocação específica, Ele nos deixa livres para fazermos nossa opção de vida, mas nos deixa claro que só seremos felizes cumprindo o que for da vontade Dele.

Antes de chegarmos ao assunto de vocações específicas, se faz necessário lembrar de três coisas:

1- Somos chamados à vida. A vida é a grande vocação. Deus nos chama para a vida, e Jesus afirma que veio para que todos a tenham em abundância. (Jo
 10,10)

2- Somos chamados a ser pessoas. Foi nos dada a condição da "liberdade dos filhos de Deus", inteligência
 e vontade. Estabelecemos uma comunhão com o Criador e, nessa atitude dialogai, somos pessoas. A pessoa aprende a conviver, a dialogar, enfim, a se relacionar. Todos têm direitos e deveres recíprocos.

3- Somos chamados a vocação cristã, vocação de batizado. Todo batizado recebeu a graça de fazer parte do povo eleito por Deus, de sua Igreja. Através da vocação cristã, somos chamados à santidade, vocação à perfeição, recebendo a mesma fé pela justiça de Deus. Fomos, portanto, eleitos e chamados pessoalmente por Cristo para ser, como cristãos, testemunhas e seguidores do Mestre Jesus.

 

 

Vocação laical (no matrimônio /no celibato / solteiro - discípulo) 

O Concilio Vaticano II sublinhou que a vocação e a missão l do leigo "contribuem para a santificação do mundo, como fermento na \ massa'. 


Vocação ministério ordenado (diácono, padre e bispo) 

O ministro ordenado preside e coordena os serviços da comunidade. Por intermédio dos sacramentos, celebra a presença de Deus no meio do seu povo. O presbítero é enviado a pastorear e animar a comunidade. Ele é o bom pastor que guia, alimenta, defende e conhece as ovelhas. 

Vocação à vida consagrada (ser irmão religioso ou irmã religiosa / vida ativa ou contemplativa) 

O religioso é chamado a testemunhar Cristo de uma maneira radical, vivendo uma consagração total nos votos de pobreza, castidade e obediência. Com a pobreza, vivem mais livres dos bens temporais, tornando-se disponíveis para Deus, para a Igreja e para os irmãos. Com a castidade, vivem o amor sem exclusividade, sendo sinal do mundo l futuro que há de vir. Com a obediência, imitam a Cristo obediente e fiel à vontade do Pai. 

Querido Jovem, não sei qual a situação que você vive hoje, se ainda não descobriu sua vocação, ou já descobriu e tem medo de dar passos concretos ou já está na ativa. Para todos vocês, peço perseverança e coragem! O Deus que te chama é o Deus que te ama! 
Fiquem sob a proteção de todos do céu!

 

Oração pelas Vocações

Senhor da messe 
e pastor do rebanho, 
faz ressoar em nossos ouvidos 
o teu forte e suave convite: 
"Vem e segue-me"! 
Derrama sobre nós o teu Espírito, 
que Ele nos dê sabedoria 
para ver o caminho 
e generosidade 
para seguir a tua voz. 

Senhor, 
que a messe não se perca 
por falta de operários.
Desperta as nossas comunidades
para a missão. 
Ensina a nossa vida 
a ser serviço. 
Fortalece os que querem 
dedicar-se ao Reino, 
na vida consagrada e religiosa. 

Senhor, 
que o rebanho 
não pereça por falta de pastores. 
Sustenta a fidelidade 
dos nossos bispos, 
padres e ministros. 
Dá perseverança 
aos nossos seminaristas. 
Desperta o coração 
dos nossos jovens 
para o ministério pastoral 
na tua Igreja. 

Senhor da messe 
e pastor do rebanho, 
chama-nos para o serviço 
do teu povo. 
Maria, Mãe da Igreja, 
modelo dos servidores do Evangelho, 
ajuda-nos a responder "sim".

Amém.