Pesquisar no site


Contato

PJ News Jornal da Pastoral da Juventude

Semana Santa em Arraial do Cabo

Semana Santa em Arraial do Cabo

 

 

Semana Santa em Arraial do Cabo

Por Plínio Balbino

 

Estamos começando a viver um clima diferente, agora é tempo de reflexão, silêncio e oração, está chegando a Semana Santa. E aqui em Arraial do Cabo não é diferente, tudo é celebrado com muita devoção e piedade por toda população católica local.

A Semana Santa é um período religioso do Cristianismo e do Judaísmo que celebra a subida de Jesus Cristo ao Monte das Oliveiras, a sua crucifixão e a sua ressurreição para a nossa salvação. Ao contrário do que muitos pensam, a Semana Santa se inicia no Domingo de Ramos, neste ano 01 de abril, e vai até o Sábado Santo (Sábado de Aleluia), 07/04. Esse pequeno período é vivido de forma intensa e com muita emoção, pois a através da Semana Santa tomamos consciência do que Deus fez por nós.

 

 

No domingo de Ramos, revivemos a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, sendo aclamado como Rei dos Judeus, em nossa cidade também é assim, no dia 01 de abril, às 08 horas sairemos em procissão da Igreja Nossa Senhora dos Remédios em direção a Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus

com muita alegria, levando nossos ramos de palmeira e declarando que Jesus é o nosso Rei e Senhor, esta procissão conta com a presença de membros da Pastoral de Arte Sacra que se caracterizam de Jesus e dos 12 apóstolos. Em seguida haverá a Santa Missa, a qual nos insere na Semana Santa. Embora esta seja uma semana de silêncio, o mesmo é quebrado no domingo e a Igreja vive um grande momento de alegria, pois é o próprio Jesus que vem ao seu povo.

 

 

 

 

 

Segunda e terça-feira há apenas a programação normal em nossa paróquia, sendo celebrada a Santa Missa às 19h na Igreja de Nossa Senhora dos Remédios. Na quarta-feira, 04/04, após a Santa Missa na Igreja de Nossa Senhora dos Remédios realiza-se a famosa “Procissão do Encontro” entre: o Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores. Os homens saem da Igreja Matriz com a imagem de Nosso Senhor dos Passos e as mulheres saem da igreja de Nossa Senhora dos Remédios com Nossa Senhora das Dores. Acontece então o doloroso encontro entre a Mãe e o Filho em frente à Igreja do Sagrado coração de Jesus. O padre, então, proclama as “Setes Dores de Nossa Senhora”, uma celebração de acompanhada por músicas e momentos de reflexão e oração. O silêncio é grande, já que a imagem de Nosso Senhor dos Passos mostra-o com a cruz às costas. É tudo isso que vivemos neste tempo de profunda reflexão. Nossa fé é pascal, passa pelo sofrimento, morte e ressurreição do Senhor.

 

 

Na quinta-feira santa, 05/04, a Igreja celebra o dia da Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio Ordenado, este dia e conhecido popularmente como dia do “lava-pés”, pois foi nele em que Jesus na Última Ceia lavou os pés dos seus apóstolos em sinal de igualdade e humildade e também instituiu a Eucaristia e o Sacerdócio quando disse: “Isto é meu Corpo...” e “Fazei isso em minha memória...”.

 

Em nossa Paróquia acontece a Santa Missa da Solenidade da Ceia do Senhor às 20h, aonde acontece após a Proclamação do Evangelho acontece o lava-pés, aonde os apóstolos são representados pelos nossos irmãos da Pastoral da Arte Sacra. A pós a Santa Missa há a transladação do Santíssimo Sacramento até sua Capela, Jesus é depositado no seu tabernáculo e dá-se início a Vigília de Adoração até às 15h de sexta-feira.

 

 

Na sexta-feira santa a Igreja vive um dia inteiro de jejum em penitência, fazendo memória ao Sacrifício de Cristo pela humanidade, a programação em nossa Paróquia começa às 15h com a Celebração da Paixão de Cristo, sendo o único dia no mundo em que não se celebra a Santa Missa. Às 18h acontece a “Descida da Cruz”, um momento muito impactante e profundo, uma cerimônia, na qual, muitos se emocionam, é retirada pelo padre a imagem de Jesus da sua Cruz, e a mesma e depositada no esquife e é seguida pela procissão rumo à Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, durante a procissão, ouve-se piedosamente três vezes o “canto da Verônica” e das mulheres chorosas.

Chegando ao seu destino final dá-se início a famosa Encenação da Paixão de Cristo, na qual esse ano completa 16 anos de história, este é um dos principais eventos da Semana Santa e faz parte do calendário turística de Arraial do Cabo. A encenação foi criada em 1996 e era apresentada dentro da igreja, no ano de 2002 passou a ser feita nas ruas da cidade. O grupo que em 2004 se chamava Grupo de Teatro Sacros, em 2007 passou a se chamar Pastoral de Arte Sacra e é responsável pelo teatro da paróquia.

 

 

No Sábado de Aleluia, a igreja celebra a Mãe de todas as vigílias, a Vigília Pascal, pela qual esperamos ansiosamente pela ressurreição do Senhor Jesus, que venceu a morte e assim nos deu acesso à sua glória Celeste. Na nossa Paróquia às 20h começa a celebração da Vigília Pascal com tradicionais a bênção do Fogo Novo, preparação do Círio Pascal, Canto do “Exultet”, liturgia da Palavra, liturgia Batismal, bênção e aspersão da água, liturgia Eucarística e por fim jubilosa procissão da Ressurreição, na qual proclamamos que o Poder de Deus foi mais forte que a própria morte! E que a Cruz de Cristo foi a nossa vitória!

 

Trago por fim as palavras de nosso pároco Padre Virgílio, alertando-nos sobre o “feriadão” que é a Semana Santa: “A Semana Santa é a mais forte do tempo quaresmal. Nela, celebramos os mistérios da nossa Redenção: Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, o católico praticante, que deixa de participar destes Mistérios para viajar ou fazer qualquer outra atividade que sinceramente não seja justificável, cometerá uma grande ingratidão ao coração do Filho de Deus que por amor deu sua vida para nos salvar!”

 

 

 

 

Uma Feliz e Santa Páscoa para   todos!
                  Padre José Virgílio Estácio
                            Pároco

 

 

Por Plínio Balbino

Edição: Eduardo Abreu